Latest Entries »

Python para Zumbis

http://pycursos.com/python-para-zumbis/

Seguir esse guia e fazer um aplicativo Ionic 2.

http://ionicframework.com/docs/v2/getting-started/installation/

Dica, vejam vídeos no youtube sobre o assunto!

Boa sorte!

(pode ser ionic 1 mesmo)

Estudar tutorias e apresentar na próxima aula um exemplo preferencialmente no celular.

Tutoriais se divirtam!!!!

Bom final de semana para todos!

Roteiro do mini-projeto

Parte escrita

Descrever:

  1. Personagens com suas respectivas características
  2. Explicar qual o desafio do jogo
  3. Descrever como será feita a pontuação
  4. Qual o enredo do jogo

Valor: até 300 pontos!

Esse será o projeto do jogo que vocês farão na próxima aula!

Boa sorte

Queridos alunos, este é o dever de casa para hoje. Tentar ganhar o certificado em:

https://studio.code.org/s/20-hour/stage/13/puzzle/1

Se não conseguir todos até o certificado, tente o máximo possível para ganhar a maior nota que puder no dever de casa.

Quem faltou a primeira aula e estiver com dificuldades fazer o seguinte:

Assistir ao vídeo:
https://studio.code.org/s/20-hour/stage/1/puzzle/1
e fazer:

http://studio.code.org/s/20-hour/stage/2/puzzle/1
e
http://studio.code.org/s/20-hour/stage/5/puzzle/1

Boa sorte para vocês!
P.S.

Esse vídeo abaixo não tem relação com programação, mas é muito interessante;

https://studio.code.org/s/20-hour/stage/11/puzzle/7

Texto introspectivo – Você NÃO precisa

Atenção: inicie cada frase com “Você NÃO precisa”

jogar fora um roupa fora somente por já ter usado algumas vezes
achar superficial quem só anda de roupa nova
obedecer todas as leis o tempo todo
ignorar todas a leis que você não concorde
ganhar dinheiro para ser feliz e ter amigos
se escravizar para ficar rico
achar que quem é rico é ladrão e não vale nada
ir pra rua viver de esmolas
fazer faculdade para ganhar dinheiro
achar que já sabe tudo e que não precisa estudar mais nada
trabalhar 44 horas por semana fazendo algo que você não gosta
ficar em casa sem fazer nada
esperar o final de semana para aproveitar e ser feliz
curtir o final de semana todo sem fazer nada de útil
sofrer por ter desisitido de algo
desisir sem nem ter tentando bastante
se arrender de feito algo que não deu certo
não fazer algo bom com medo de se arrender
casar para ser feliz
viver sozinho a vida toda, te amo Ana Paula Leite!

Tá lembrando do sempre “Você NÃO precisa” no início?

votar em candidatos que não vão te representar
desistir de melhorar a política
acreditar em tudo que dizem os corruptos, ooops quis dizer, POLÍTICOS
achar que todo político é corrupto e que o país está perdido
de políticos que não nos representam (dá um saque na democracia direta)
usar o jeitinho brasileiro
se corromper no sistema
aceitar nosso sistema econômico e financeiro que produz muita miséria e violência
(sugestão: economia baseada em recursos veja depois)
torcer por um time de futebol
se chatear com quem só goste de futebol
ficar calado quando vir injustiça
reclamar de tudo o tempo todo
sempre obedecer seus pais
ignorar os sábios conselhos dos pais
se isolar de pessoas que você não gosta
estar o tempo todo com alguém que não te faz bem
andar na moda para que as pessoas gostem de você
ficar sem tomar banho uma semana
ir para a igreja para ter bons princípios
ser ateu para parecer intelectual
ignorar que tem muita coisa que ainda não entendemos na vida
discriminar quem segue ensinamentos de amor ao próximo
ter medo que um casal de homossexuais “destrua a família”
agredir quem se sente desconfortável com o homossexualismo
concordar com algo tudo que seus amigos falam
ficar inimigo de alguém por não concordar com algo que ele disse
se vingar de quem te fez mal
ficar sofrendo sem fazer nada para se ajudar
assistir televisão todos os dias
somente ler livros técnicos

Lembre-se do “Você NÃO precisa”, tô ligado em você!

ter vergonha de expressar suas opiniões
falar mal de tudo e ser um chato
falar abobrinha 24hs por dia
ter receio de perguntar quando não entender
ficar perguntando tudo com preguiça de estudar para entender
ter medo de tudo
ser inconsequente
deixar e vida te levar sem ter um plano para a vida
entrar em depressão quando as coisas não acontecem como planejado
puxar ferro na academia para entrar em forma
viver no sedentarismo
alugar Iphone para ficar com alguém na balada
sair todos finais de semana para baladas
ficar em casa nos finais assistindo TV
concordar com tudo que leu nesse texto
ignorar que tem coisas que fazem sentido

Auto análise de Evandro Jr, 30/04/2016

O resgate da Fé e o fim de todos os medos.

Medo

Pensando melhor percebi que meu maior medo é afetar minha esposa com minha falta de fé. O amor a Deus que ela tem é base da vida dela. Afetar a fé dela causará sérios danos as nossas vidas.

Criminalidade

Na minha juventude entre o intervalo do final da aula da escola, 17:40 e o Karatê 19:00 eu fazia pequenos furtos, roubava revistas de bancas de jornais e um dia roubei um fita cassete de uma locadora. Uma vez no final de semana eu roubei um cartucho de videogame de uma loja no shopping. Tinha receio de virar cleptomaníaco, felizmente isso não aconteceu. Durante minha infância mesmo eu deixei de fazer isso. Pais, não deixem as crianças soltas pela rua. Minha mãe querida quando eu me atrasava da escola saia desesperada andando da Vitória até o Colégio 2 de Julho. Eu achava que ela era exagerada, ela estava era certíssima.

Motivos para eu ter virado uma pessoa melhor

Antes de casar eu não tinha um motivador de ir para casa após o trabalho e por isso ia jantar em bares, consequentemente acabava tomando umas cervejas e tendo uma vida pouco saudável.

Atualmente tenho o maior prazer em ir para casa e ser tratado com todo o carinho por minha esposa. Outro medo que eu tinha antes de casar era que seria chato ir cedo para casa todos os dias.

Conclusões:

Eu pedia a Deus uma esposa evangélica, inclusive falava isso para todos. Não queria casar com uma mulher dessas que eu conhecia pelas festas. Achava elas muito vazias, o pessoal evangélico está sempre feliz mesmo nas dificuldades, procura fazer o bem, e de quebra ainda ganharia uma motorista para a Lei Seca kkk. Conhecer um evangélica seria praticamente impossível, pois nunca ia para igreja nenhuma.

Considero um verdadeiro milagre ter conhecido minha esposa da forma que ocorreu. Havia uma grande amiga dela da Alemanha que estava visitando ela em Salvador. Minha esposa, que é super caseira, resolveu levar a amiga dela para dançar um forró e conhecer a cultura local. Adivinha quem ela encontrou lá?

Desde que eu a conheci minha vida tem mudado só para melhor, estou uma pessoa muito mais calma, cheio de objetivos, todo centrado. Grande parte disso eu devo a Igreja que moldou minha esposa para ser uma excelente companheira para mim. Desde então tenho trocado Carnaval e São João por retiros da igreja. Fico(ava) com resistência de ir, mas na verdade é muito melhor do que eu ficar aqui. Parece que fiquei maluco, mas realmente é muito bom e divertido.

Também participamos de encontros de pequenos grupos que são excelentes, compartilhamos nossas vidas com amigos e oramos uns pelos outros buscando ajuda em Deus e nos amigos. Além de fazermos um curso casados para sempre. Um curso excelente que recomendo a todos.

Conclusão fácil que só eu não aceitava, minha esposa está me levando na direção correta. Vem ni mim Fé versão 2.0!

Será muito melhor para o casamento eu lutar para retomar a minha fé do que criar dúvidas na cabeça da minha esposa. Vou colocar lembretes desses pela casa para nunca mais ter que passar por análises profundar para concluir isso.

Medos na maioria das vezes só nos fazem mal.

Tinha medo do virar cleptomaníaco, não deu em nada.
Tinha medo de virar alcoólatra, isso não está acontecendo, ufa!
Tinha medo de casar e não gostar. Foi a melhor coisa que já fiz na minha vida.
Tinha medo de financiar o apartamento e ficar com a grana curta, amo muito meu lar e estou realizado onde vivo. Não estamos passando fome, ano passado demos até um pulinho na Europa kkk.
Tinha medo de virar evangélico, relaxe não vai dar em nada ruim, só coisas boa!

Não vamos ter medo de sermos felizes, a vida é muito curta para nos preocupamos demais. Como eu já dizia “Relaxe não dá em nada”. Agora posso traduzir entrega nas mãos de Deus, confie e relaxe nele! Tssi dá em nada! Deus eu te amo! Não entendo você totalmente, nem quero ficar louco tentando te entender. O carinho que você tem por mim é mais que suficiente para te amar muito!

Pastor e galera igreja, esposa, pai, mãe, familiares e amigos, perdoem se de alguma forma magoei ou ofendi vocês de alguma forma nunca foi a minha intenção. Amo muito vocês!

-Evandro Jr

O objetivo dessa autoanálise é tentar me entender. Talvez seja útil para você também.

Âmbito Matrimonial

Minha esposa é uma pessoa maravilhosa, sou muito feliz ao lado dela.
Também percebo que sou a pessoa que ela pedia a Deus.
Me considero um bom marido, dou atenção, amor, diálogo, compreensão, respeito minha esposa, sou fiel a minha esposa, apesar de não ter sido fiel em alguns dos outros relacionamentos anteriores.
Me sinto muito feliz no meu casamento, tenho total liberdade para me expressar e dialogar com minha amada.
Tinha medo de achar o casamento sufocante e enjoar da minha esposa (nada especifico a ela, isso foi antes de conhecê-la), felizmente percebi que estava errado e nunca fui tão feliz como sou agora depois de casado.
Atualmente temos alguns atritos por causa de problemas hormonais, meu egocentrismo de filho único, problemas envolvendo familiares e conflito religiosos. Eles felizmente não são de frequência diária. Muitas vezes passamos meses inteiros sem discutir (4 meses só love da última vez). Sinto que os atritos estão ligados principalmente aos problemas hormonais. Também pode ser possível que eles sejam gatilhos para outros problemas adormecidos.

Âmbito familiar

Minha mãe foi muito boa para mim, cuidou de mim da melhor forma que ela podia com muito amor e dedicação.
Ela infelizmente descarregou sobre mim problemas dos quais eu não era o responsável
Compreendo isso e perdoo minha mãe. Ela teve uma vida muito difícil.
Minha mãe machucou minha esposa logo após saber que queríamos casar, isso continuou durante o primeiro ano do casamento. Minha esposa tentou com muita paciência resolver esse problema e parece que conseguiu. Infelizmente ela ainda guarda alguns traumas da época.
Não me considero um excelente filho nem para meu pai nem para minha mãe. Talvez pelos sofrimentos que minha mãe me causou de forma inconsciente e pela distancia que sempre tive do meu do meu pai. Vou tentar reverter isso no tempo que eles ainda tem.

Âmbito espiritual

Na infância eu costumava frequentar a igreja presbiteriana. Minha mãe me levava, mas eu não tinha interesse de ir por vontade própria. Quando chegava lá eu me sentia bem a maior parte do tempo. Nessa época também me considerava uma pessoa que tinha bastante fé em Deus.
Eu concordo com uma grande parte dos valores morais passados pela religião evangélica.
Quando fui morar na Inglaterra escutei vários argumentos logicamente embasados que se Deus existisse ele não era justo. Também tive contatos com outras religiões que me fizeram refletir sobre qual a religião era a correta.
Tenho dúvidas da existência Deus.
Ao mesmo tempo sinto como se minhas orações são escutadas por Deus. Tudo que eu peço ele tem me dado exceto restaurar minha fé.
Não acredito que Jesus tenha sido enviado por Deus, mas valorizo muito os ensinamentos dele.
Procuro seguir os ensinamento de Jesus. Não me considero um evangélico, apenas um seguidor parcial do evangelho, não porque acredito que seja escrito por Deus, mas sim porque procuro extrair o lado positivo dele.

Acho excelente os princípios de:

Amar os outros habitantes do planeta (amar ao próximo)
Perdoar sempre, pois o rancor nos faz muito mal.
Acho excelente o principio de ter fé que um ser todo poderoso irá nos ajudar nos momentos difíceis, pois nos dá muita tranquilidade quando nada mais nos dá esperança. Eu já usei deste recurso várias vezes e certamente irie fazer uso dele novamente.
Amar aos outros como nos amamos. O principio básico do amor e respeito.
Muitos outros não citados aqui.

Atualmente vou para a igreja batista, gosto de confraternizar com os membros da igreja, amo muito meus amigos da igreja, gosto de cantar as músicas da igreja, mas infelizmente não gosto muito da pregação do pastor. O pastor é uma pessoa excelente, meu único problema é a incompatibilidade com algumas das coisas que ele prega.
Tento extrair conceitos bons de outras religiões também como a respiração do religião Hindu e seus princípios de controle próprio.

Não acredito em: Vida eterna, céu, inferno.
Acho muito triste que a igreja seja contra o homossexualismo. Isso causa conflito entre os religiosos e os homossexuais. A igreja prega o amor, essa parte me parece ser uma exceção a regra.
Acho uma pena que as pessoas fiquem se matando por religião
Roubando, enganando pessoas e se escondendo por detrás de uma religião. Sei que uma grande parte é honesta e sincera aos ensinamentos evangélicos.
Respeito em quem acredita em religião, só me sinto desconfortável quando tentam me impor uma.
Apesar de não me achar evangélico, me considero mais evangélico do que muito dos evangélicos.

Traumas de infância

Tive vários apelidos, e sofri bullying, não considero isso um problema na minha vida atual.
Não tive muito contato com meu pai durante a minha criação, não sei exatamente como isso pode ter me afetado negativamente, mas provavelmente afetou em algo.

Traumas de adulto

Por minha mãe interferir muito nos meus relacionamentos achava que talvez nunca pudesse me casar enquanto ela estivesse viva. Estou contente de que isso não tenha acontecido.
Desisti do meu doutorado após ter dedicado muito anos a ele. Já me perdoei pelo ocorrido e até estou satisfeito com o rumo que a minha vida tomou.

Âmbito profissional

Sou muito feliz, messmo :) no meu trabalho
Trabalho com o que gosto e a galera é nota 1000
Me sinto um pouco tenso quando estou no barulho, mas agora posso me refugiar em lugares mais tranquilos

Âmbito político

Acredito que a chave para reduzir a violência seja melhorar a distribuição de renda ao invés da repressão policial. Ficamos tentando tampar o sol com a peneira ao invés de tratar a raiz do problema.
Considero o sistema de democracia representativa atual uma grande mentira. Uma mentira que pessoas por ignorância ou por interesse próprio ficam se matando para defender.
Acredito em um sistema melhor que tenha muito mais participação popular, transparência e que por consequência irá reduzir em muito a corrupção
Acredito na economia baseada em recursos (EBR) e na democracia direta.

Auto aceitação

Me considero feliz comigo mesmo.
Estou acima do peso. Não tenho tido capacidade de perder grande quantidade de peso após o casamento usando meus próprios recursos. Está faltando disciplina.

Âmbito de dependência química

Fui incentivado por familiares a consumir bebidas alcoólicas na infância e também tenho casos de dependência etílica na minha família.
Já tive problemas causados pelo álcool.
Depois do casamento nem eu nem minha esposa estamos sendo prejudicados por isso. Consigo beber socialmente apesar de ainda beber mais que a maioria das pessoas. Tenho conseguido reduzir muito meu consumo de álcool. Estou bastante satisfeito com este item, sendo que ainda pode ser melhorado para culminar com minha perda de peso.

Comportamentos antissociais

Acho estupido usar roupas que foram criadas para o clima da Europa no contexto do Brasil. Prefiro ir trabalhar de bermuda, sandália e até camisa regata.
Acho que demostração de amor em público não deveriam ser um problema. Em um mundo tão violento porque as pessoas ficam constrangidas com o amor? Para mim é uma inversão de valores.
Penso que pessoas perdem a vida trabalhando para adquirir bens materiais sem saber que o que é que realmente traz felicidade para elas na vida.
Não tenho medo de ser julgado nem ficar preocupado com o que as outras pessoas irão pensar. Minha esposa me aceita como eu sou e isso para mim é o suficiente.

Medos

Medo do sofrimento dos meus familiares e do meu sofrimento diante da morte. Nada demasiado, acho que só percebi isso por que fiz essa auto analise.
Tenho leve medo de ser agredido quando estiver pedalando. Nada demasiado nesse caso eu aplico o meu princípio da fé no ser superior.
“Graças a Deus” me considero uma pessoa sem muitos medos nem traumas

Lado positivo
Minha conclusão e que mesmo com alguns tropeços durante a minha vida eu me considero a pessoa mais feliz que conheço! Tenho um casamento lindo, que parece um conto de fadas. Nada é perfeito, mas meu casamento tá bem próximo disso.

Após escrever tudo isso posso concluir que foi uma ótima reflexão. Estou satisfeito de ter conversado comigo mesmo e poder me compreender melhor.

Quem achar o vídeo longo tem um resumo aos 51 minutos.
Entretanto é altamente recomendável assistir o vídeo completo:

“Espetacular! Arrisco dizer que seria uma grande ferramenta para se chegar finalmente numa economia baseada em recursos, uma ferramenta de transição!” Flávio Ceola